Aplicações fitossanitárias – Como melhorar em altas temperaturas e eliminar gargalos operacionais da pulverização

Aplicacao-fitossanitaria-inquima-adjuvante

As aplicações fitossanitárias estão exigindo que o tratamento seja mais apurado, por conta do surgimento de novas doenças e pragas, também por conta das altíssimas temperaturas deste início de ano.

Além da necessidade de contar com boas máquinas, devidamente ajustadas e com pontas de pulverização adequadas ao tratamento escolhido, o produtor deve considerar ainda a Taxa de Aplicação e o ADJUVANTE escolhido, de maneira tornar o processo o mais eficiente possível.

Aplicar buscando a melhor cobertura foliar e o menor risco de contaminação do ambiente é o objetivo. A escolha de um bom ADJUVANTE SINTÉTICO deve prevalecer sempre para que as demais etapas do processo não sofram algum dano negativo ou um efeito colateral indesejado.

É oportuno ressaltar que todos os óleos e surfactantes são considerados Adjuvantes. Porem, nem todo Adjuvante é um óleo ou um surfactante.

A pulverização de Inseticidas, por exemplo, se transformou nos dias de hoje numa operação extremamente técnica, tanto quanto as de Fungicidas.

O controle químico deve considerar o tripé:

Volume de Vazão/Pontas/Adjuvante e o HORÁRIO DA APLICAÇÃO.

Muitos tratamentos estão se mostrando ineficazes ou, apresentando excesso de fitotoxidade, basicamente porque foram realizados em horários inadequados, na presença das altas temperaturas. Neste caso, não existe fórmula técnica agronômica ou produtos específicos capazes de resolver a situação. NÃO SE DEVE PULVERIZAR – NO VERÃO – ENTRE AS 12H E 16H.

O adjuvante TA35 é uma ferramenta auxiliar que colabora para o aumento da cobertura foliar, de maneira atingir todos os terços da planta e com isso, os seus inimigos; mas ainda assim, se faz necessário respeitar determinados parâmetros técnico-ambientais para o sucesso da aplicação.

Aplicações Fitossanitárias mais Seguras e Eficazes

Diferentes Pesquisas Científicas realizadas pelo Brasil afora identificaram a importância de se usar um bom Adjuvante Sintético nas APLICAÇÕES DE DEFENSIVOS.

Estes produtos garantem o melhor aproveitamento do Ativo pulverizado, reduzem perdas pela ação do vento e da umidade relativa, possibilitam o trabalho com a presença de orvalho ou, numa condição desfavorável de estresse hídrico, elimina m problemas de homogeneização de calda (borras e espumas), reduzem e até eliminam a presença de fitotoxidade causada por algum produto específico.

A presença do U10 nas dessecações e do TA35 nas demais aplicações garante que o seu tratamento será o melhor possível.

O TA35 é indicado para uso com:

Basagran – Cobra – Callisto – Totril – Select – Tilt – PrioriXtra – Nativo – SphereMax – Orkestra – Caramba – AproachPrima – Opera – Sumilex – Frowside – Dithane – Lorsban – Lannate – Belt – Premio – Dimilim – Kaz umin.

… e muitos outros Ativos complexos ou, não.

O U10 é indicado para uso com:

Glifosate – Gramoxone – Gramocil – Finale

Autor: Jeferson Luis Rezende ( RTV Inquima )

Produtos Recomendados

A Inquima desenvolve produtos que melhoram a qualidade e eficácia da aplicação de inúmeras maneiras, reduzindo custos e diminuindo os impactos ambientais. Conheça alguns Adjuvantes de calda Sintéticos, Redutores de deriva, e outros produtos recomendados:

Dúvidas ou Apoio na aplicação?

Lembre-se que, havendo necessidade de APOIO EM CAMPO para solucionar problemas na aplicação, contate um Representante INQUIMA na sua região. Nossos representantes são Agrônomos, Técnicos e Especialistas em Tecnologia de Aplicação, estamos sempre prontos para lhe atender. Preencha os campos abaixo e clique em “ENVIAR” em breve o representante mais próximo de sua região entrará em contato.

Nome*:
 
E-mail*:
 
Telefone*:
 
Cidade e Estado*:
 
Assunto*:
 
Mensagem*:
 

 

contato-inquima3

Inquima

A Inquima atua na linha de produtos com foco em Tecnologia em Aplicação. Modernas técnicas e ciência foram desenvolvidas para dar maior aproveitamento, eficiência no manejo e eficácia no combate às pragas e ervas daninhas da lavoura. Evitando assim o desperdício e preservando o meio ambiente.

Deixe uma resposta